terça-feira, 25 de janeiro de 2011

//*

Hoje eu acordei otimista, posso até perder esse 'Zé Porqueira' pra sempre, mas antes eu queimo todos os meus neurônios, gasto toda a minha paciência, uso todo o meu estoque de esmaltes, shorts curtos e maquiagens. Se nada disso for o suficiente, não entro em pânico, tenho um 'As' na manga... eu fico nua no seu local de trabalho, faço um protesto de topless em frente a sua casa, ou apareço com aquela lingerie preta que você adora no estacionamento do supermercado. E se na pior das hipóteses não funcionar, eu corto os pulsos. Tá rindo e me chamando de louca né? Eu te conheço. Eu avisei que não era a 'mulher equilíbrio', mas não se assuste não, nada do que eu disse sou capaz. Acontece que as palavras ditas da boca pra fora continuam sendo o meu único domínio sobre você, a única forma de te impressionar, de te trazer pra mim. Quer uma prova disso? Você ainda tá ai, lendo o que eu escrevo. Você passa os olhos nesses textos e se pergunta 50 vezes se é pra você mesmo... claro que é pra você... eu não perderia meu tempo escrevendo pra outro idiota que não fosse você. Sim, continuo meiga como sempre, não é impressão sua não. Aquele doce de menina que te conquistou é o mesmo doce que quer te trazer de volta, então filho da mãe imbecil para de fazer charme e me procura logo. Eu estou impossibilitada de ir atrás e não é orgulho não, só não vou é entrar nesse barco, sozinha, de novo. Ou vem e entra comigo, ou então continua ai de longe, me olhando com essa cara de 'babão' enquanto eu sofro mais um pouquinho por ter perdido a única pessoa capaz de me fazer bestamente feliz. Mas, como eu havia dito, acordei otimista, isso implica dizer que eu realmente acredito que um dia não tão distante você vai bater com a cabeça na parede e virar o príncipe que tá escondido ai dentro, enquanto o sapo fica comendo porcaria por aqui.

13 comentários:

  1. Hahahahahahahahaha amiguinha eu estava até assustado e já ia ligando pro SAMU quando vc falou que não ia ter coragem de cortar os pulsos... ufa!
    Mas eu não sou ninguém para opinar na sua relação, mas já que vc publicou ela aqui no blog e foi lá na comunidade para o tópico comente no blog acima... Eu acho que está faltando é amor próprio para vc mesma!!!!


    Um bjão, fica com Deus.
    Aparece lá no meu blog pra conhecer!

    ResponderExcluir
  2. Calma Sarah, olha só... não te retornei porque no momento uma inimiga mortífera prendeu minha nave com um raio trator. Estou bem longe, próximo à órbita do planeta vermelho. Minha missão foi um fiasco, a mulher pelada que achamos na verdade era um amigo disfarcado. Eu tô muito mal mesmo. Mas não corte os pulsos ok? eu vou tentar escapar vivo!

    ResponderExcluir
  3. Ele volta, Sarah.
    Ele só não volta se tiver um coração muito duro. Amolece esse teu coração, cara xD
    A menina te ama!!

    Adorei as palavras. Sinceridade e simplicidade em um só lugar.

    Beijo e boa sorte
    http://www.senhor-do-tempo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. kkk Brigada Meninos! A opnião de vocês é muito importante para mim. Marcos - Amor próprio eu tenho de sobra, tanto que criei esse blog pra escrever tudo oqe nao tenho coragem de falar na cara dele. Urbano ... pretencioso! Marcos - Brigada pela força mesmo, ele tem coração muito mole, mas pena que não é só meu.

    ResponderExcluir
  5. ohhhh fiquei surpresa no começo do texto! kkkk
    Boa forma de escrever , livre e solta , quase que uma conversa
    http://www.medicinepractises.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo texto, você escreve muito bem , parabéns por ser expressar e mostrar aqui o que você sente e poder desabafar tudo.

    ResponderExcluir
  7. O seu texto e sua intensidade me fez pensar na Clementine de Brilho Eterno!

    ;D

    ResponderExcluir
  8. ops....vai com calma ae..kkkk... adorei o texto

    ResponderExcluir
  9. Pensa direito e mantenha a calma...
    Boa sexta feira

    ResponderExcluir
  10. Nossa.. muito bom seu texto! O humor é ótimo..rs e adorei isso de "so não vou é entrar nesse barco, sozinha, de novo"!!.. Abraço

    ResponderExcluir
  11. é amiga.. não sei se teu texto tem um pouco da tua realidade ou não, mas se tem, vou te dar um toque: Valorize-se! Homem nenhum merece nossas lágrimas e nem nossa deprê!

    http://seenovidadeeuquero.blogspot.com

    ResponderExcluir